Single

 

Verônica Ferriani lança single duplo

Baixe “Varre e sai” também aqui: http://bit.ly/Zj3gtD

 

VF_capa_single_03

 

“Verônica Ferriani é uma cantora de muitas possibilidades. De Luiz Gonzaga a Guilherme Arantes, de Vinicius de Moraes a Taiguara. No entanto, é concentrada na fase atual da música brasileira que sua voz mais impressiona, podendo ser uma canção autoral ou aproximando–se da obra de um compositor/companheiro de geração. Durante os shows de lançamento do seu álbum de assinatura própria intitulado “Porque a Boca Fala Aquilo Do Que O Coração Tá Cheio”, era impressionante a força dramática de sua interpretação de “Varre e Sai” de Romulo Fróes, Clima e Nuno Ramos, tendo eu me remetido na hora ao impacto que me causou a indignação política e emocional do registro de Elis Regina para “Onze Fitas”, de Fatima Guedes, naquele ano de 1980.

Outro grande momento do espetáculo de Ferriani era “Metamorfose”, canção-irmã-autoral das demais do disco e que agora finalmente é registrada neste compacto virtual que Verônica disponibiliza para todos nós, seus ouvintes atentos e apaixonados, e também, quem sabe, para os constantes desatentos e teimosos que acreditam que a música brasileira chegou ao fim no século passado. Verônica Ferriani confirma aqui que essa tal de MPB está só começando”.

DJ e especialista musical Zé Pedro

 

METAMORFOSE (Verônica Ferriani)

Ziquezira
E agora quem sou eu?
Uma pergunta, uma dúvida
Fôlego enfureceu

Eu sou: estar de pé diante de um susto
Sou: o que vi de cabeça pra baixo
Sou: o sono leve e inocente do justo
Verme que se fecha em si
No ensejo da metamorfose
Num casulo até brotar segunda pele

Desabrocha, borboleta
Amor é a vida acreditando nela mesma

 

VARRE E SAI (Romulo Fróes, Clima e Nuno Ramos)

No varre e sai
Desarrumei
Já fui, nem sei, alguém, já tive alguém

No varre e sai
Já me virei
Já fui, voltei, ninguém ligou, ninguém

Quem vem desabalada, alô
Desabalada eu sou
Não quer saber de nada além
Saber de nada é bom

Quem vem desabalada, eu vim
Choveu no tamborim
Pedi pro santo espanto e som
Ninguém ligou, é bom

 

FICHA TÉCNICA

Verônica Ferriani: voz e violão
Marcelo Cabral: direção musical e baixo
Rodrigo Campos: guitarra
Guilherme Held: guitarra
Sergio Machado: bateria
 
Wagner Barbosa: direção vocal
Gravado, mixado e masterizado no Estúdio El Rocha, de 01 a 06/10/2014
Instagram
    Novidades
    Disco novo em gravação, aguarde novidades em 2018!